Frascos de perfumes inspirados nos Vilões Disney

Aí você acha que não tem nada mais o que inventar de objetos que você ama da Disney… E descobre que está errada!

A artista Ruby Sparks escolheu alguns vilões da Disney e os transformou em frascos de perfumes (só eu acho que esse nome artístico foi roubado do filme “Ruby Sparks – A namorada perfeita”?).

Vamos às belezuras:

disneyvillainsperfume

Os meus preferidos foram o do Capitão Gancho, Gaston, Hades e Úrsula. Pena que não existem de verdade :/

E o de vocês?

– Giselle Encantada

Anúncios

Versão com caveiras mexicanas das Vilãs Disney

Caveiras, hoje em dia, estão super em alta, em especial as chamadas caveiras mexicanas, que são aquelas mais enfeitadas e que o povo mexicano usa como símbolo para o dia dos mortos – para eles, dia de los muertos, ao contrário de nós, é muito comemorado por lá.

Bom, e o que isso tem a ver com Disney? O americano Michael Yantz colocou caveiras mexicanas no lugar de algumas personagens da Disney. Claro que as escolhidas foram as vilãs, afinal elas combinam mais com esse tipo de temática, né?! Veja só:

Eu adoraria usar uma estampa dessa! E sobrou também para a Sininho, que não é vilã, mas no filme do Peter Pan até que faz bastante malvadeza, hehe.

sininhocaveiramexicana

O artista disponibiliza essas imagens a venda na conta dele no Etsy. Basta acessar clicando aqui.

– Ariel

Cantores gravam videoclipe como vilões da Disney

Nós já falamos aqui sobre Todrick Hall, ex participante do American Idol e que agora faz sucesso no YouTube com videos parodiando personagens da Disney.

Pois bem, ele voltou e com um especial pro Halloween. Sua mais nova produção reúne alguns cantores famosos fazendo uma versão da música “Cell Block Tango”, do musical “Chicago”, vestidos como nossos vilões preferidos.

O título da canção ficou “Spell Block Tango” e tem Amber Rilley, estrela do seriado “Glee”, como Ursula, e Adam Lambert como Capitão Gancho. Assista:

 

– Ariel

Vilãs Disney quando eram crianças

A estudante de animação Vivianne Dubois fez uma série de ilustrações das vilãs da Disney quando ainda eram crianças inocentes (será? rs). Aproveitando que o dia das crianças é essa semana, veja abaixo algumas delas:

 

 

Rainha de Copas sempre mandona, rs! Quem diria que umas coisinhas fofas dessas iriam virar bruxas más um dia?! Para ver o restante, visite o Tumblr da artista.

– Ariel

Por trás das vozes – Os dubladores de “Alice no País das Maravilhas”

O 13º longa-metragem produzido nos estúdios Disney foi “Alice no País das Maravilhas”, e é sobre ele o tema de hoje para o especial de dubladoras aqui no blog. O filme de 1951 agrada gerações de pessoas, mas quem será que foi a voz meiga da menina de 12 anos?

Nos Estados Unidos, Kathryn Beaumont foi convidada com apenas 13 anos para dar voz e ser referência nas cenas da jovem Alice. Dois anos depois ela também dublou a Wendy em “Peter Pan” – já falamos sobre isso aqui.

Já no Brasil, no mesmo ano, quem dublou a garota foi a atriz, até então inexperiente, conhecida apenas como Therezinha, que dublou os diálogos e canções. Diga-se de passagem, ela deixou um pouco a desejar na parte cantada do filme, né?! A mesma seguiu os passos de Kathryne e também fez a voz de Wendy, posteriormente.

Para a Rainha de Copas escolheram Verna Felton, que também foi a voz da Fada Madrinha (“Cinderella”) e da Fada Flora (“A Bela Adormecida”). Para o popular Chapeleiro Maluco, o escolhido foi o comediante Ed Wynn (1886-1966). Enquanto isso, no Brasil, tivemos Sara Nobre e Otávio França como os personagens citados, respectivamente.

Curiosidade: J Pat O’Malley emprestou sua voz à Foca, ao Carpinteiro, Ostra-Mãe e aos gêmeos Tweedledee e Twedledum. Já no Brasil cada personagem foi dublado por um ator diferente.

Em 1991, assim como aconteceu com “Branca de Neve” (relembre aqui), refizeram uma nova dublagem brasileira, mas que acabou não se tornando tão popular quanto a primeira.

Amanhã será a vez de conhecermos as vozes por trás da animação “Peter Pan”.

– Love, Jasmine