Eventos do Dia das Crianças 2017

Comemoramos o Dia das Crianças 2017 com três eventos. O primeiro aconteceu no dia 8, a já tradicional para nós festa de Dia das Crianças da Escola Estadual Barnabé, em Santos, pois é a terceira edição que tivemos a honra e alegria de marcar presença.

O segundo evento aconteceu no dia 12 mesmo, no Chapelier Bistrô, em Santos. O estabelecimento ofereceu uma oficina de culinária para as crianças e estivemos presentes para animar a tarde e acompanha-las nessa aventura deliciosa. A ação teve a finalidade de arrecadar fundos para a nossa tão esperada festa comemorativa de 5 anos do grupo!

Agradecemos ao pessoal do bistrô que nos convidou para o evento e ainda topou realizar a arrecadação. Aliás, nós recomendamos a visita ao local, pois a decoração é toda inspirada em Alice no País das Maravilhas. Mágico!

Por fim, o terceiro evento aconteceu na manhã do sábado, dia 14, na praia de Santos, em conjunto com o Grupo Empresto Minhas Pernas. Além de comemorar o Dia das Crianças, também estávamos lá para celebrar a inclusão social. O trabalho do Grupo Empresto Minhas Pernas é maravilhoso e envolve levar deficientes físicos para praticar esportes. O pessoal da A Tribuna estava presente, também, registrando todos os momentos que, posteriormente, foram ao ar no programa Corpo em Ação. Você pode assistir a reportagem clicando aqui.

E nós também publicamos em nosso canal do YouTube um vídeo mostrando como nos divertimos:

Veja também mais fotos em nosso Facebook!

Anúncios

Agenda Cultural – Programação infantil desse fim de semana em Santos

Olá, caiçarinhas!!!

Confira programação para esse final de semana em Santos!

Tem peça de teatro grátis na Concha Acústica e apresentação de dança no Teatro Guarany. Nossa princesa Merida Caiçara recomenda a peça “É Doce ou Salgado – Um espetáculo para temperar sua infância”. Ela assistiu com seus três irmãozinhos e adoraram!

programacaonovembro programacaonovembro1

Programem-se e divirtam-se!!!

Beijos encantados!!!

-Merida

Artistas gravam covers da Disney para o álbum “We Love Disney”

Vários artistas gravaram músicas dos clássicos da Disney para o álbum “We Love Disney”, previsto para ser lançado no final de outubro. O trabalho já está disponível para pré-venda no iTunes e, por enquanto, apenas uma faixa pode ser ouvida: Ne-Yo cantando “Friend Like Me”, de “Aladdin”.

Confira a tracklist completa:

  1. Friend Like Me (Aladdin) – Ne-Yo
  2. Part of Your World (A Pequena Sereia) – Jessie J
  3. Can You Feel the Love Tonight / Nants’ Ingonyama (O Rei Leão) – Jason Derulo
  4. The Rainbow Connection (Os Muppets) – Gwen Stefani
  5. Zero to Hero (Hercules) – Ariana Grande
  6. In a World of My Own / Very Good Advice (Alice no País das Maravilhas) – Jhené Aiko
  7. I Wan’na Be Like You (Mogli) – Fall Out Boy
  8. Colors of the Wind (Pocahontas) – Tori Kelly
  9. Spoonful of Sugar (Mary Poppins) – Kacey Musgraves
  10. Ev’rybody Wants to Be a Cat (Os Aristogatos) – Charles Perry
  11. A Dream Is a Wish Your Heart Makes (Cinderella) – Jessie Ware
  12. Let It Go (Frozen) – Rascal Flatts & Lucy Hale
  13. It’s a Small World – Todos os artistas
  14. It’s Not Easy Being Green (Os Muppets) – Brenna Whitaker
  15. A Whole New World (Aladdin) – Yuna

 – Ariel 

O que rolou na D23 Expo 2015

A D23 Expo é um evento oficial da Disney esperado por todos os fãs! É nele que rolam todas as novidades e o que podemos esperar dos próximos projetos do estúdio. O site Corporação Infogeek reuniu todos os destaques em um vídeo legendado, que inclui as versões live action de “Alice Através do Espelho”, “A Bela e a Fera” e “Mogli” e as animações “Procurando Dory”, “Toy Story 4”, “Moana” e “Gigantic”. Assista:

Fan arts de Kathryn Hudson

As ilustrações da norte-americana Kathryn Hudson são super conhecidas. É ela a responsável pelas séries das Princesas Disney vestidas para um baile de formatura e também de noivas, sendo cada vestido combinando com a época que a personagem vive.

baileformatura_kathrynhudson casamento_kathrynhudson

À esquerda: Rapunzel, Flynn Rider, Eric, Ariel, Branca de Neve e os sete anões, Lilo, Stitch, Philip, Aurora, Quasímodo e Esmeralda no baile de formatura. À direita: os casamentos de Adam & Belle, Aladdin & Jasmine, Hercules & Meg e Tarzan & Jane.

Além desses, a Kathryn já desenhou as princesas as relacionando com birthstones, que são pedras que correspondem cada mês do ano e simbolizam as qualidades que as pessoas nascidas naquele período tem. Cada uma vem com um poeminha sobre a pedra e o que ela significa, criado pela empresa Tiffany & CO.

Janeiro - Granada (Pocahontas) / Fevereiro - Ametista (Meg) / Março - Água Marinha (Mulan) / Abril - Diamante (Cinderella) / Maio - Esmeralda (Rapunzel) / Junho - Perola (Ariel) / Julho - Rubi (Branca de Neve) / Agosto - Peridoto (Belle) / Setembro - Safira (Jasmine) / Outubro - Opala (Aurora) / Novembro - Topazio (Esmeralda) / Dezembro - Turquesa (Tiana)

Janeiro – Granada (Pocahontas) / Fevereiro – Ametista (Meg) / Março – Água Marinha (Mulan) / Abril – Diamante (Cinderella) / Maio – Esmeralda (Rapunzel) / Junho – Perola (Ariel) / Julho – Rubi (Branca de Neve) / Agosto – Peridoto (Belle) / Setembro – Safira (Jasmine) / Outubro – Opala (Aurora) / Novembro – Topazio (Esmeralda) / Dezembro – Turquesa (Tiana)

Nas suas mais recentes obras envolvendo as princesas, a artista se inspirou nos anos 80. Nascida em 1985, Kathryn afirma que adora a moda da época e que sempre usa as Princesas Disney como modelos porque “quase todo mundo as reconhece e tem uma favorita“. E é verdade! 😀

Alice, Jasmine, Mulan, Branca de Neve, Jane e Ariel

Alice, Jasmine, Mulan, Branca de Neve, Jane e Ariel

Para conhecer mais do trabalho da norte-americana, acesse o seu site oficial.

– Ariel

Comparação: Princesas de “Once Upon a Time” e as Princesas Disney

Agora que os leitores do blog sabem o que é “Once Upon a Time” e “Once Upon a Time in Wonderland” podemos fazer a brincadeirinha que havíamos prometido nesse post aqui.

Bom, já deu para perceber que a gente adora uma comparação, né?! Então aqui vai o comparativo entre as Princesas Disney e as personagens dos seriados mais mágicos de todos! Assim como fizemos mais ou menos nesse post aqui, colocamos também nós mesmas, as Princesas Caiçaras, para tornar o “confronto” mais dinâmico e divertido. Portanto, são as Princesas Disney, as de Storybrooke e as da Baixada Santista no páreo, haha! Vamos lá 😀

Começando pela protagonista e primeira de todas. A Branca de Neve de OUaT é interpretada por Ginnifer Goodwin. Ela é branca como a neve, tem cabelos pretos como o ébano e é casada de verdade com o Príncipe Charming (Josh Dallas), igualzinha à princesa do desenho. O que difere as duas é a cor dos olhos e a personalidade: enquanto a “da vida real” é corajosa e destemida, a clássica da Disney é ingênua e delicada. Aliás, praticamente todas as Brancas de Neves dos dias de hoje são retratadas como mulheres fortes, né?! Vide os filmes live-action “Espelho, espelho meu” e “Branca de Neve e o Caçador”, ambos de 2010. Já a nossa Branca de Neve Caiçara, Roberta Lapetina, também entra em todos os requisitos da Princesa Disney, incluindo a cor dos olhos!

ouat-disney-caicaras_snow

Enquanto a Cinderella da Disney é vista como a líder de todas as princesas, a do seriado, interpretada por Jessy Schram, foi deixada de lado, aparecendo somente em dois episódios até agora. Talvez se tivessem dado o papel à nossa Cindy Caiçara, Maíra Morales, a história teria sido diferente.

ouat-disney-caicaras_cinderella

A história de Alice é mostrada exclusivamente no spin off “Once Upon a Time in Wonderland”. A protagonista ficou a cargo da inglesa de 24 anos Sophie Lowe. A Alice Caiçara, Calau Drummond, tem a mesma idade da atriz, mas só pelo seu tamanho já se passa por uma Alice melhor que a da série. Com 1,50cm ela nem precisaria comer biscoitos para passar pela portinha do País das Maravilhas!

ouat-disney-caicaras_alice

Eu, particularmente, amo a Rose McIver, atriz que dá vida à Sininho em OUaT. Ela é simplesmente perfeita para o papel. A sua única concorrente a altura (e que altura!) é a nossa Sininho Caiçara, Nayara Tiepelmann.

ouat-disney-caicaras_sininho

A Aurora de OUaT é a irlandesa ruiva Sarah Bolger. Pelo menos a nossa Bela Adormecida Caiçara, Eduarda Rios, leva mais créditos sendo loira, assim como a do desenho – além de ter a mesma idade da princesa!

ouat-disney-caicaras_aurora

Não consigo falar de mim própria em terceira pessoa, portanto vou apenas elogiar a Joanna Garcia. Ela realmente pode ser chamada de Ariel da vida real. Os produtores da série acertaram em cheio na escolha e, assim que eu botei o olho nela, já virei fã.

ouat-disney-caicaras_ariel

A história de amor entre a Belle e Rumpelstiltskin é admirada tanto quanto a da Bela e a Fera. O seriado explorou bastante os mesmos elementos do clássico da Disney, como por exemplo as roupas da princesa, seu interesse por leitura, o sotaque francês, e até a xícara quebrada faz parte do enredo. Porém, enquanto a nossa Bela Caiçara, Bruna Rios (que também ama devorar livros), parece ter vindo diretamente dos parques de Orlando, a australiana Emilie DeRavin faz mais a linha original da série, com seus olhos azuis e seu cabelo castanho-acobreado.

ouat-disney-caicaras_belle

A Mulan é considerada a primeira verdadeira guerreira da Disney, e em “Once Upon a Time” não é diferente. Tanto é que a personagem da série diversas vezes passa por certos preconceitos ao se revelar uma mulher atrás da armadura. O papel de Jamie Chung também se mostrou bastante polêmico, dando a entender que a heroína chinesa tem um interesse a mais pela Princesa Aurora. Infelizmente, por enquanto, não temos uma Princesa Caiçara para fazer a comparação. Adoraríamos ter alguém a altura da linda Jamie fazendo parte do nosso grupo!

mulan ouat - jamie chung

“Once Upon a Time” se encontra em hiatus nesse momento, mas os produtores já revelaram que, a partir do mês que vem, irão introduzir uma nova princesa: Rapunzel. A atriz escolhida para o papel foi Alexandra Metz e é uma das personagens da série que mais se difere da da Disney. Enquanto isso, a nossa Rapunzel Caiçara, Juliana Carelli, segue a risca o figurino, com seu vestido roxo e longas madeixas loiras.

ouat-disney-caicaras_rapunzel

[BÔNUS]: A gente costumava ter no nosso grupo uma Chapeuzinho Vermelho justamente por causa da Ruby de “Once Upon a Time”. Coincidentemente, ambas “vagas” foram excluídas na mesma época, tanto na série como aqui no time caiçara (o motivo para isso está explicado aqui). Atualmente, a atriz está como protagonista em outro seriado, mas não é por causa disso que iríamos esquecer da maravilhosa Meghan Ory. Não tem como não amar – só quem assiste, sabe!

rubyouat

Wendy Darling, a mocinha de “Peter Pan”, também é outra personagem que costumávamos ter no nosso grupo e que já existiu em “Once Upon a Time”. Sua participação na série teve início na terceira temporada e, ao que tudo indica, deve ficar só por isso mesmo. A atriz que a interpreta é a australiana Freya Tingley.

Wendy_Darling_ouat

Nós, como super fãs das series, estamos torcendo para a entrada de outras princesas, como por exemplo Jasmine, Meg, Esmeralda, Jane, Pocahontas, Lilo, Merida, Tiana, entre tantas outras que merecem ser lembradas. Tanto em OUaT como em OUaTiW já foi citado o reino de Agrabah, então aposto minhas fichas na Jasmine. E a moral de “Frozen” está tão grande lá fora que os produtores de OUaT já contaram sobre o interesse em ter uma Anna e uma Elsa na série para a quarta temporada.

O jeito é esperar (ansiosamente)! Ah, e se os diretores das séries tiverem dúvidas quanto escolha de elenco, acho que eles poderiam dar uma olhada no nosso time, né?! Ou na nossa lista de celebridades que se parecem com as princesas! Rs 😉

– Ariel

Dica Mágica: as séries “Once Upon a Time” e “Once Upon a Time in Wonderland”

Como alguns de vocês devem saber, o canal de TV norte-americano ABCFamily lançou em 2011 um seriado que trouxe ao mundo real todas as histórias de contos de fadas que um dia nós ouvimos nossos pais contarem, e um dia contaremos a nossos filhos. Nós, Princesas Caiçaras, já comentamos bastante sobre o mesmo na nossas sessões Looks Princesas e Fan Arts, e também em um post ou outro, então achamos que era hora de apresentá-lo a quem não conhece, assim como informar um pouco mais para aqueles que não entendem muito bem o conceito da série, o mundo mágico de “Once Upon a Time”.

Atenção: o texto a seguir contem spoilers!

OUAT-poster

A história começa contando a vida de Branca de Neve (interpretada por Ginnifer Goodwin) e seu Príncipe Encantado (Josh Dallas), que tiveram uma longa história de amor e lutas em seu mundo de fantasias e sofreram com uma grande maldição lançada pela Rainha Má, Regina (Lana Parrilla), que os separou e os fizeram esquecer da existência de sua vida anterior no mundo dos contos de fada, trazendo-os para o mundo real. Deixando claro essa parte, no universo de “Once Upon a Time”, ou OUaT como ela é mais conhecida, o universo dos contos de fadas e o universo do mundo real em que vivemos coexistem sem prejudicarem um ao outro desde o início dos tempos. A história de OUaT se passa entre os dois mundos, de forma a mostrar a interação dos personagens no passado na Floresta Encantada, antes da maldição, e no presente no nosso mundo real, após a maldição.

Voltando a história… Branca de Neve e o Príncipe Encantado, aqui conhecido como James, têm uma longa história de encontros e desencontros durante a constante luta contra a Rainha Má, madrasta da Branca de Neve. Durante o decorrer da série, podemos ver a interação de vários outros contos de fadas, como “A Bela e a Fera”, “A Bela Adormecida”, “Chapeuzinho Vermelho”, “Cinderella” e muitos outros, formando uma teia de acontecimentos que os levam a Storybrooke, uma cidade criada pela maldição de Regina, para aprisionar todos as personagens dos contos em uma realidade e tempo onde eles não se lembram de quem são.

A trama central de toda a série se passa em torno de Emma Swan (Jennifer Morrison) e Henry Mills (Jared S. Gilmore). Emma é a filha de Branca de Neve e James, que foi salva da maldição quando recém-nascida por um guarda-roupa mágico criado por Gepetto (sim, o pai de Pinocchio, aqui interpretado por Tony Amendola). Porém, ela cresce sozinha sem saber de sua história real. Aos 18 anos, Emma acaba gerando um filho, e por se achar muito imatura para ser mãe e levar consigo a suposta rejeição de seus pais verdadeiros, ela acaba o dando para adoção.

O bebê, então, é adotado por ninguém menos que a prefeita de Storybrooke: Regina. Sim, a Rainha Má, que o batiza de Henry. Enquanto nenhum dos lados sabe da terrível coincidência, Henry cresce e se torna um garoto esperto e de grande imaginação. Quando sua professora Mary Margareth (nome da Branca de Neve no mundo real) lhe presenteia com um livro de histórias, Henry percebe que ali está a chave para todas as suas perguntas e se dá conta de que as pessoas que moram em Storybrooke são personagens de contos de fadas, presos em uma maldição terrível lançada por sua mãe adotiva. A partir daí, Henry busca sua mãe biológica, sabendo ela é a chave para quebrar a maldição que impede todos da cidade de conhecerem sua história verdadeira. Emma, apesar de no início ser relutante a aceitar tudo aquilo, acaba aceitando entrar na jornada com seu filho, e juntos formam um laço afetivo que nunca tiveram a oportunidade de ter antes.

O roteiro desta série é algo inimaginável, de grande inteligência, ligando pontos dos contos que assistimos por adaptações da Disney e partes dos livros dos Irmãos Grimm, com algumas adições fantásticas dos roteiristas responsáveis para interligar as narrativas de formas incrivelmente interessantes. Cada episódio conta a história de um personagem, trazendo importância e se focando em sua vida, sem interferir no ponto central da trama.

Neste momento OUaT se encontra no hiatus de sua terceira temporada, que é quando a série faz uma pausa de algumas semanas, ou neste caso, meses, e tem volta prevista para 9 de março deste ano, com grandes novidades e emoções. No Brasil, “Once Upon a Time” é transmitida pelo canal Sony e, em breve, será lançada numa versão dublada também pelo canal Record.

Agora é a vez de “Once Upon a Time in Wonderland”.

ouatiw-poster

OUaTiW, abreviando assim para não ficar muito chato (rs), é um spin off de “Once Upon a Time”. Para quem não sabe, um spin off de série é quando você conta uma história diferente, mas que usa o mesmo ponto de vista, a mesma linha de raciocínio, de uma série pré-existente. É como se fosse uma derivação de um outro seriado, com os mesmos produtores e diretores, mas nem sempre com os mesmos atores.

Bem, este spin off se passa no País das Maravilhas e um pouco na Inglaterra, onde Alice, depois de ficar um bom tempo em um sanatório por ter contado a seu pai sobre o lindo País das Maravilhas onde ela esteve realizando grandes feitos, foge com a ajuda do Valete de Copas e o Coelho Branco, para salvarem o amor da vida dela, Cyrus (Peter Gadiot), um gênio.

Interpretados por Sophie Lowe, Michael Socha, e dublado por John Lithgow, Alice, o Valete de Copas e o Coelho Branco embarcam em uma aventura contra a Rainha Vermelha (Emma Rigby) e Jafar (Naveen Andrews) para recuperarem seu gênio que foi sequestrado por eles para a realização de um plano maligno do vilão de “Aladdin” – sim, OUaTiW, apesar de ser focado especialmente nas histórias de Lewis Carroll, também mistura contos.

Por mais que a série tenha chamado a atenção de muitos fãs de OUaT, ela não teve a mesma aceitação esperada pelo público, e a chance de seu cancelamento no fim desta primeira temporada é bem grande. Mas não deixe isso te impedir de assisti-la – se você gostar de “Once Upon a Time”, as chances de se interessar pelo mundo de “Once Upon a Time in Wonderland” são bem grandes!

Muitas de nós, Princesas Caiçaras, somos fãs de ambas, ou pelo menos de uma das séries. Mas sem colocar palavras nas bocas de minhas amigas princesas, eu, Bela, super recomendo a vocês que não conhecem que assistam as séries, pois as acho simplesmente incríveis e maravilhosas, uma forma a mais de trazer para sua vida a magia dos contos de fadas! Ambas têm a produção de Edward Kitsis e Adam Horowitz, os mesmos de “Lost”.

Obrigada a todos que leram e, se alguém aqui já conhecia e acompanhava a série, por favor deixe seu comentário sobre o que acha dela e de seu spin off, e também a sua opinião sobre o cancelamento (ou não) de “Once Upon a Time in Wonderland”.

– Beijinhos, Bela