Conscientização: O que é o Revenge Porn

Resolvemos abordar um tema que é ainda tabu, bem polêmico e, espantem-se, ainda divide opiniões. “Revenge Porn” é uma expressão que tem se escutado cada vez mais. Para quem não está familiarizado ela caracteriza uma vingança através de vídeos ou fotos íntimas.

Quando e como podemos identificar um caso de revenge porn ou slut shaming (no caso da vítima ser uma mulher e o material ter sido compartilhado por diversão de terceiros).

Situação 1 – Um casal estava em seus momentos privados, um grava o outro escondido, eles terminam e o que a pessoa que gravou faz? Posta na internet.
Situação 2 – Um casal resolve gravar seus momentos íntimos, eles terminam e um deles resolve, por raiva, divulgar na internet.
Situação 3 – Uma pessoa se sente confortável em enviar fotos para seu namorado, amante, amigo, conhecido, enfim, e a pessoa que as recebeu enviou para os amigos.

Quem é o culpado em cada situação? Em todas, a ÚNICA culpada é pessoa que divulgou os vídeos ou fotos sem a permissão da outra que aparece no mesmo.

Vamos as “regras” de bom senso: se alguém se deixa gravar ou manda fotos pessoais para seu namorado, amante, peguete, ou qualquer título que o relacionamento tenha, isso não da o direito, de forma nenhuma, da outra parte envolvida divulgar. Alguém que por ventura achou esse material, conhecendo ou não a vítima, também não tem esse direito. E se você recebeu imagens ou vídeos no seu Whatsapp, você também não tem o direito de repassar e, caso o faça, você se torna tão culpado quanto. Por mais divertido que possa parecer (para alguns) enviarem videos que “cairam na net” para os amigos, não façam.

Vale lembrar também que nem sempre é preciso envolver sexo ou nudez para tornar o compartilhamento um crime. Basta pensar: você gostaria que fizessem isso com você? Não? Então também não o faça.

Nossa, que careta, vamos rir da situação“, alguns podem estar pensando, mas não tem nada de careta nisso, revenge porn e slut shaming são assuntos sérios e já matou muita gente.

Infelizmente esses casos são mais comuns com vítimas mulheres. Ainda vivemos em uma sociedade muito machista, que diz que isso é feio, vulgar, que uma mulher que se expõe dessa forma é uma vagabunda que merece perder emprego, amizades e inclusive apanhar – e muitas realmente apanham. O que é um absurdo, pois a mulher é dona do próprio corpo e o que ela faz não diz respeito a ninguém, a não ser ela mesma. Ou seja, quando o resultado é trágico, ele deixa de ser engraçado, automaticamente.

Você, mulher, que um dia se deixou gravar em momentos íntimos, ou foi enganada, e teve sua privacidade violada, você não é menor que ninguém. Isso não diminui seu caráter, não diminui suas conquistas e não te torna uma pessoa pior, te torna alguém que confiou e teve sua confiança quebrada. Você é uma vítima no revenge porn e nós estamos com você!

Aos que gostam de se vingar dessa forma ou compartilhar materiais desse tipo, lembrem-se que por raiva ou por diversão você pode estar arrasando uma vida. E que isso é crime! Para nós, recebedores de conteúdo (infelizmente todo mundo que tem internet está apto em receber coisas desse tipo), antes de julgar ou sair compartilhando, vamos respeitar a privacidade do outro, porque afinal o que cada um faz em sua intimidade não nos interessa, né?

Nós, Princesas Caiçaras, acreditamos que ser Princesa não é apenas vestir roupas bonitas. O que vale é exclusivamente o que vem de dentro!

– Love, Jasmine

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s