Princesas Disney: Como tudo começou

Quem curte a nossa página no Facebook já viu que publicamos, há um tempinho, uma breve curiosidade sobre a marca Princesas Disney. Baseado nisso, resolvi fazer um post mais elaborado sobre o assunto aqui no blog também.

DisneyPrincessLineup2013

As Princesas Disney são famosas no mundo encantado e na imaginação das crianças desde os anos 30, quando a primeira princesa criada por Walt Disney teve a sua animação lançada nos cinemas: “Branca de Neve e os Sete Anões”. Depois disso, muitos outros filmes de contos de fadas foram lançados, mas o que pouca gente sabe é que as Princesas só viraram uma franquia bem mais pra frente, nos anos 2000.

Tudo começou quando os escritórios Disney resolveram dividir por categorias seus produtos comercializados. Andy Mooney, um dos executivos da empresa, percebeu que a maioria do público jovem feminino se vestia de alguma princesa para ir em shows produzidos pela Disney. Então, Mooney pensou que era a hora de começar a comercializar as personagens separadamente de seus filmes e, assim, criar uma franquia. Porém, a ideia era que nenhuma Princesa poderia estar olhando uma para a outra, para que sua individualidade permanecesse intacta, apesar de estarem todas juntas e misturadas.

Com a criação da marca exclusiva, foram lançados diversos e variados produtos, tais como novas bonecas, jogos, séries, acessórios, revistas etc. Toda essa atenção às Princesas também acabou resultando, recentemente, numa repaginada no visual de cada uma – assunto que já discutimos aqui.

Atualmente, as Princesas Disney são compostas oficialmente por Branca de Neve, Cinderella, Aurora, Ariel, Bela, Jasmine, Pocahontas, Mulan, Tiana, Rapunzel e a recém coroada Merida. A escolha foi baseada na história de cada uma, sendo a maioria de “sangue real” (Branca de Neve, Aurora, Ariel, Jasmine, Pocahontas, Rapunzel e Merida) e, o restante, por terem se tornado princesa ao casarem-se com um príncipe – com excessão de Mulan.

Entretanto, nem sempre foi assim. No início, além dessas personagens, a cigana Esmeralda e a fada Sininho também faziam parte da franquia estrelando produtos e permaneceram assim até 2005. Tanto uma como a outra acabaram não se encaixando na ideia da linha e decidiram por cortá-las. Sininho, agora, faz parte de uma nova marca da empresa, intitulada Disney Fadas.

Outras famosas personagens e protagonistas tiveram também uma explicação por não integrarem o time. A Alice, por exemplo, esteve em uma vasta linha de produtos das Princesas Disney, porém sempre foi considerada apenas uma “Princesa Teste”. A desconhecida (e esquecida) Eilowny, de “O Caldeirão Mágico”, de 1985, apesar de ser uma princesa de berço, nunca estrelou nenhum produto pelo fato de seu filme não ter alcançado o sucesso devido. Jane Porter, o par romântico de Tarzan, chegou a ser anunciada como Princesa Disney no início, mas desapareceu logo em seguida. Kida provavelmente não entrou para a franquia pois, no final de seu filme “Atlantis”, ela vira uma rainha. Já a Giselle, de “Encantada”, teve sua participação anulada pois a empresa teria que pagar direitos de imagem à atriz que interpreta a personagem, Amy Adams. E por fim, Meg, do filme “Hercules”, apesar de ter sido lançada em alguns produtos, não entrou na linha final por não ser considerada uma princesa.

Quanto a princesinha Sofia, protagonista da nova série do Disney Channel, não fará parte por ter menos de 12 anos e também nunca ter estrelado um longa. Se ela fosse considerada uma Princesa Disney, seria a primeira e única princesa latina, e também a mais nova de todas.

Bom, seria legal se todas as personagens fizessem parte da franquia, assim seria mais fácil de encontrar produtos de todas elas e alcançar mais públicos. Apesar de não serem princesas em seus filmes, para muitas crianças elas são tão favoritas quanto.

Agora falando do futuro da marca…Muito provavelmente haja uma nova integrante em 2014. Se trata da princesa Anna, do filme “Frozen”, previsto para estrear no final desse ano. Vamos aguardar as novidades dessa franquia que, apesar de nem sempre agradar, nos encanta da mesma maneira!

– Ariel

Anúncios

Um comentário sobre “Princesas Disney: Como tudo começou

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s